MENU
ENTRAR •••••
CADASTRAR •••••

Espetáculo Vigiar e Punir

vigiar
De 21 a 31 de março, acontece o espetáculo "Vigiar e Punir: um soldado beijava a boca de Foucault na escada da escola" no CCBB Brasília. Não perca!
Data: De 21 a 31 de março de 2019
Hora: Quinta a sábado, às 20h. Domingos, às 19h
Local: Teatro do CCBB Brasília (SCES, Trecho 02, lote 22)

Sobre Espetáculo Vigiar e Punir

A Companhia Caravan Maschera, de Atibaia (SP), traz ao CCBB Brasília, pela primeira vez, o espetáculo “Vigiar e Punir: um soldado beijava a boca de Foucault na escada da escola”.

A montagem, baseada na obra do filósofo francês Michel Foucault (1926-1984), mostra como os conceitos de punição e vigilância evoluíram na sociedade contemporânea. Com bonecos inspirados em quadros de Goya e Bosch e interpretação com linguagem de bufão, a peça busca desvelar os conceitos de uma sociedade “disciplinar e normopática” descritos pelo autor do clássico “Vigiar e Punir”.

Sem cair no didatismo ou na retórica bruta, o espetáculo utiliza humor sarcástico, poesia visual e formas animadas para tocar o público de maneira mais sensitiva e emotiva. No palco, 12 bonecos e formas animadas são manipuladas por apenas dois atores caracterizados como indigentes (bufões). A iluminação tem papel fundamental, pois segue as nuances do texto e da musicalidade e enfatiza a potencialidade e a beleza dos bonecos.

“O que queremos com essa adaptação de Foucault é mostrar como as instituições disciplinantes que nos cercam – a escola, a prisão, a medicina, a religião, o trabalho e a própria família – agem sobre nós para nos tornarmos seres ‘mansos’. O público pode, a partir de suas próprias reflexões e leituras subjetivas, buscar vias que minimizem o risco de uma dominação dos nossos desejos e opiniões”, afirma Leonardo Garcia Gonçalves, que junto com Giorgia Goldoni, estrela e assina a direção do espetáculo.

Nesse sentido, a peça é uma forma de resistência aos princípios de normalização e adestramento do indivíduo nos dias de hoje, já que demonstra como a ideia de “norma” e “normal” foram criadas artificialmente para controlar a sociedade. “Apesar de obscura e pessimista, ela permite algum espaço para o otimismo, na medida em que ilustra como a reflexão de Michel Foucault pode nos ajudar a enxergar como somos condicionados a sermos corpos dóceis e obedientes”, avalia Giorgia Goldoni.

Ingressos

  • R$ 30,00 (inteira)
  • R$ 15,00 (meia)

*Valores sujeitos à alterações sem aviso prévio.
*Clientes BB pagam meia-entrada.

Pontos de Venda

  • Bilheteria do CCBB

Mais Informações

  • Telefone: (61) 3108-7600
  • Classificação: 16 anos
••••••••••

Cadastre-se no DeBoa.Com e receba e-mails com as melhores festas, shows, boates, agenda cultural e dicas de Brasília.

••••••••••

Deixe um comentário

publicidade

publicidade

••••••••••

publicidade

••••••••••
DESTAQUE
2ª Varanda Sweet Cake

2ª Varanda Sweet Cake

Dia 23 de Março, neste Sábado, vai rolar a 2ºª edição da Varanda Sweet Cake. A iguara escolhida foi o ha... Mais

Caminhodown 2019

Caminhodown 2019

Dia 24 de Março, Domingo, acontece o Caminhadown: uma caminhada pela inclusão. Saiba mais!... Mais

Roberto Justus apresenta “O Aprendiz”

Roberto Justus apresenta “O Aprendiz”

Roberto Justus comanda “O Aprendiz” a partir da próxima segunda-feira na tela da Band. 18 influenciadores... Mais

Tarde Doce

Tarde Doce

Projeto da Delicatus Confeitaria terá oficina culinária para crianças de 4 a 12 anos, e ocorrerá nas tarde... Mais

Clima Lago

Clima Lago

A Clima Lago é especializada no fornecimento de Soluções em Sistemas de Ar Condicionado. Confira o descont... Mais